Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado e dos Municípios da Bahia

TRIBUNAIS DE CONTAS TÊM UM TERÇO DOS CONSELHEIROS SOB INVESTIGAÇÃO

13 jun 2011

Se a Lei da Ficha Limpa valesse nesses casos, 78 dos 238 conselheiros de cortes estaduais e municipais estariam fora da função

Sob suspeita de nepotismo, desvio de recursos públicos, tráfico de influências, recebimento de propina e uma lista extensa de crimes que deveriam, em tese, combater, 30% dos conselheiros que atuam nos 34 Tribunais de Contas (TCs) estaduais e municipais do Brasil passam por investigações ou processos administrativos. Hoje, há 238 conselheiros em exercício nesses órgãos de fiscalização, dos quais 78 estão envolvidos em escândalos e denúncias. (Págs. 1 e P10)

Diferentemente do Judiciário, os conselheiros não são servidores de carreira.

Gilmar Mendes, do STF, defende reforma constitucional.

baixar Arquivo