Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado e dos Municípios da Bahia

TCM/BAHIA: DESGOVERNO E NEPOTISMO EM ALMADINA

20 fev 2010

DESGOVERNO E NEPOTISMO EM ALMADINA

18/02/2010
O prefeito de Almadina, Láudano (PMDB), está decepcionando os moradores do município. Os funcionários estão com os salários atrasados e até o 13º não foi pago pelo prefeito.
.
Segundo informações, está sendo realizada uma perseguição política dentro do governo. Quando é identificado que o funcionário é eleitor da oposição ele começa sofrer perseguições por parte de secretários do governo.
.
A população também tem criticado o nepotismo, já que o secretário de administração, Leandro Láudano, é filho do prefeito.
SECRETÁRIO ESCLARECE
19/02/2010
O secretário de administração de Almadina, Leandro Láudano, manteve contato com este blogueiro e informou que a prefeitura não está com salário atrasado. Ele informou que em dezembro a prefeitura pagou o 13º e o salário referente ao mês. ( entenda clicando aqui).
;
Segundo Leandro, em dezembro só em salário a prefeitura injetou mais de R$ 300 mil no município, consequentemente alimentando o comércio local. Sobre a questão do nepotismo ele afirmou que ele está respaldado pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).
.
No campo político ele informou que o prefeito Láudano (PMDB), definiu que o seu candidato a deputado federal será Lúcio Vieira Lima (PMDB), já em relação a deputado estadual ainda não definiu, mas provavelmente será Leur Lomanto (PMDB).
http://www.politicosdosuldabahia.com.br/v1/2010/02/18/desgoverno-e-nepotismo-em-almadina/