Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado e dos Municípios da Bahia

SINDICONTAS /PE: NOTA DE ESCLARECIMENTO

26 nov 2011

 

 http://www.sindicontas.org.br/noticias.php?id=277

 

Sindicato publica esclarecimentos da FENASTC

19.jpgO SINDICONTAS publica, nesta quarta-feira (23), esclarecimentos do campo majoritário da Diretoria Executiva da Federação Nacional das Entidades dos Servidores dos Tribunais de Contas do Brasil (FENASTC) sobre a eleição do novo presidente da entidade, Amilson Carneiro de Araújo. Confira abaixo a íntegra do texto.

“A respeito da nota publicada no site do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco, intitulada “Direção da FENASTC não reconhece a eleição de Amilson Carneiro para presidente”, a maioria da Diretoria Executiva, nos termos estatutários da FENASTC, vem a público esclarecer:

No último dia 9 de novembro, o Auditor das Contas Públicas do Estado da Bahia, Sr. Amilson Carneiro (TCE-BA), atual Presidente da FENASTC, visitou o Presidente do TCE-PE, Sr. Marcos Loreto. A visita de cortesia serviu como pontapé inicial das suas atividades frente à Federação, já que o Sr. Amilson Carneiro foi eleito Presidente da Entidade em recente eleição ocorrida no Estado do Rio de Janeiro no último dia 04 de novembro.

A chapa de oposição FENASTC PELA BASE, encabeçada pelo Sr. Amilson, eleita no 21º Congresso da FENASTC, realizado nos dias 2 a 4 de novembro no Estado do Rio de Janeiro, era a única chapa inscrita dentro do prazo previsto no Estatuto da Federação e a única que estava em condições de concorrer ao pleito. Numa manobra de desrespeito ao Estatuto da Entidade, a chapa oponente resolveu inscrever uma chapa que teve todos os seus membros impugnados. A Comissão Eleitoral, na hora do pleito, reabriu prazo para inscrição de novos membros, criando uma situação inexistente no Estatuto.

A bem da verdade, como citado na matéria objeto desse questionamento, a chapa governista, AVANÇAR SEMPRE, representada pelo Sr. Amauri Perusso, preposto do ex-presidente Marcelo Henrique, foi eleita numa eleição particular, onde seus entusiastas desrespeitaram o Estatuto da FENASTC em prol de uma candidatura ilegal.

O Sr. Marcelo Henrique, ex-Presidente da FENASTC, cuja candidatura fora questionada no pleito em epígrafe em virtude de decisão judicial no seu Estado de origem (SC), esqueceu de trazer à tona duas verdades. A primeira é que houve também uma eleição paralela a realizada pelo seu grupo, onde a grande maioria de Sindicatos filiados a Federação elegeu o Sr. Amilson Carneiro como novo Presidente da FENASTC. E a segunda é que ele, sozinho, não representa a Diretoria Executiva da FENASTC, condição que não poderia dar a ele o direito de falar pela mesma quando refutou a nota da Assessoria de Comunicação anunciando a visita do companheiro Amilson Carneiro ao Tribunal de Pernambuco.

Por esse motivo, os diretores Joselito Mimoso-BA, Sérgio Pessoa-PB e Márcio Rocha-MA vem a público ratificar a eleição do Sr. Amilson Carneiro e informar que ele é o legítimo representante dos Servidores dos Tribunais de Contas do Brasil.”