Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado e dos Municípios da Bahia

SINDICONTAS BAHIA: NOTA DE ESCLARECIMENTO

04 set 2014
NOTA DE ESCLARECIMENTO
SINDICONTAS informa aos seus filiados e aos servidores do TCE e do TCM, que tomará as providencias judiciais cabíveis, tanto na esfera cível, como na esfera criminal, em relação a uma série de ações que vem sendo, imoral, indevida e ilegalmente tomadas, pelo, Sr. Amilson Carneiro de Araújo, candidato derrotado nas últimas eleições para a Presidência do SINDICONTAS, quais sejam:
  1. No dia 04/07/2014, uma sexta-feira, fez publicar EDITAL DE AUTOCONVOCAÇÃO, onde, se fundamentando no artigo 8º, alínea c, combinado com o artigo 9º, ambos do Estatuto do SINDICONTAS, convoca os filiados do mesmo SINDICONTAS para uma reunião em Assembleia Geral Extraordinária, a ocorrer no dia 10 de julho de 2014, para discutir e deliberar sobre o “desmembramento das categorias do TCM e do TCE” e “modificação da base territorial”;
  1. Nos dias 23 e 24/08/2014, sábado e domingo, fez, também, publicar EDITAL DE CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, “em face do desmembramento das categorias de servidores do Tribunal de Contas do Estado, das categorias de servidores do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia”, convocando todos os servidores do TCE para Assembleia Geral a ocorrer no dia 09/09/2014 para deliberar e discutir sobre “fundação do sindicato representativo das categorias dos servidores do Tribunal de Contas do Estado da Bahia – SINTCE.BA, com base territorial no Município de Salvador, aprovação do seu estatuto e eleição de diretoria provisória”.
Como pode ser constatado nos editais, o Sr. Amilson Carneiro de Araújo, agiu, realizando importantes atribuições para as quais não tem nenhuma competência para executar. Ele jamais poderia ter se investido de autoridade que não possui, todas relacionadas à Diretoria do SINDICONTAS. Não poderia ter convocado Assembleia, alguma, muito menos, conduzi-las.
Em face do exposto, informamos que o SINDICONTAS tomará as providencias judiciais cabíveis, como já foi dito, tanto na esfera cível, como na esfera criminal, em relação às ações, indevidamente adotadas, pelo, Sr. Amilson Carneiro de Araújo, candidato DERROTADO nas últimas eleições para a Presidência do SINDICONTAS.

DIRETORIA DO SINDICONTAS