Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado e dos Municípios da Bahia

PRESIDENTE DO TCE SE POSICIONA

07 jun 2011

 

Em nota, a presidente do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE), conselheira Ridalva Figueiredo, disse que, tendo em vista o noticiário relativo ao contrato de Parceria Público-Privada (PPP) envolvendo a reconstrução do estádio da Fonte Nova, em andamento no âmbito da 2ª Camara do órgão, sob a relatoria do conselheiro Pedro Lino, em nenhum momento tomou posição pessoal em relação ao assunto.

Segundo Ridalva, todas as demandas encaminhadas à presidência do TCE, especialmente aquelas direcionadas ao apoio às atividades auditoriais, tiveram pronta acolhida, sendo exemplo disso a resolução nº 22, de 12 de abril passado, através da qual foi aprovada a dispensa de licitação para a contratação da Universidade Federal da Bahia, ou instituição similar, objetivando a realização de consultoria e exame pericial.

Os estudos seriam realizados nas áreas da engenharia, arquitetura e economia sobre aspectos técnicos, de economicidade e razoabilidade para subsidiar os trabalhos de fiscalização das obras e serviços relacionados à arena Fonte Nova, conforme nota publicada no DO e no portal do TCE, desde o dia 19 de maio, completou.

Na nota, a presidente reafirma ainda “que se mantém receptiva às iniciativas em prol do fortalecimento da atividade auditorial”.

Ela disse ainda que “não economizará esforços para assegurar, no tempo adequado, as condições técnicas necessárias ao desempenho pelo TCE de sua missão institucional de forma a atender aos interesses da Bahia e dos baianos”.

É a primeira vez que Ridalva se posiciona publicamente sobre o imbróglio envolvendo as obras da Fonte Nova, praticamente emperradas por falta de um parecer do TCE.

http://www.tribunadabahia.com.br/news.php?idAtual=84123