Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado e dos Municípios da Bahia

MONITOR DE ESCÂNDALOS NO CONGRESSO NACIONAL

13 abr 2012

 

 

 

 

Monitor de escândalos no Congresso

 

 

 

 
Fernando Rodrigues lista os principais casos de desvio de conduta dentro da Câmara e do Senado em 2011.
 
 
Acompanhe os escândalos
 
1. Senador Gim Argello (PTB) dá prêmios fantasmas no DF
2. Três deputados faltam a mais da metade das sessões
3. Câmara gasta R$ 5 milhões com “deputados de verão”
4. Gim Argello (PTB-DF) emprega namorada do filho em seu gabinete
5. Argello (PTB-DF) faz emenda de R$ 3 milhões que valoriza terras de seu filho
6. Senadores excedem limite mensal de passagens
7. Congresso gasta R$ 88 milhões com ex-deputados e viúvas
8. Senado só esteve completo para absolver Renan Calheiros (PMDB-AL)
9. Senadores recebem mais que o teto do funcionalismo público
10. Eduardo Cunha (PMDB-RJ) é relacionado a gastança em Furnas
11. “Prefeitos” do Congresso são investigados no STF
12. Deputados deixam o cargo, mas mantêm salário
13. Câmara aumenta número de cargos para apadrinhados políticos
14. Gilvan Borges (PMDB-AP) é acusado de comprar testemunhas para derrubar Capiberibe (PSB-AP)
15. No Senado, PR emprega mulher de ministro do TCU
16. Acre favoreceu empresa ligada ao senador Jorge Viana (PT-AC), diz PF
17. Senado prefere empresa denunciada por superfaturamento
18. Congressistas sem mandato têm aposentadorias de, pelo menos, R$ 7 mil
19. Deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF) é associada ao mensalão do DEM
20. Paulinho da Força (PDT-SP) é condenado por improbidade administrativa
21. PMDB tem sede na Câmara sem pagar aluguel
22. Envolvidos em escândalos estão no Conselho de Ética da Câmara
23. Empresa monta ‘puxadinho’ no Senado
24. Deputados vigiam seus próprios financiadores
25. Jair Bolsonaro (PP-RJ) é acusado de homofobia e racismo
26. Sarney (PMDB-AP) renomeia incentivador do nepotismo no Senado
27. João Ribeiro (PR-TO) escraviza trabalhadores, diz TST
28. Tiririca (PR-SP) emprega amigos e paga resort com dinheiro público
29. No Senado, funcionários batem ponto e vão para casa
30. Marco Maia (PT-RS) inclui Real x Barça em viagem oficial
31. Senado troca carros e dá iPhones para senadores
32. Romário (PSB-RJ) emprega modelo e amigo com dinheiro da Câmara
33. Câmara gasta R$ 10 milhões a mais em apartamentos funcionais
34. Aécio Neves (PSDB-MG) recusa bafômetro e perde habilitação
35. Senado alega ‘emergência’ para não licitar
36. Senador Requião (PMDB-PR) arranca gravador da mão de repórter no Senado
37. Senadores dispensam funcionários de bater ponto
38. Senado expulsa ‘CQC’ após pergunta incômoda a Renan Calheiros (PMDB-AL)
39. Em 3 meses, senadores acumulam 274 faltas
40. Senado premia servidores sem avaliar trabalho realizado
41. PF indica relação de Gilvam Borges (PMDB-AP) na morte de índios
42. Sarney (PMDB-AP) oferece jantar de R$ 24 mil com dinheiro do Senado
43. Romário (PSB-RJ) responde em caso de crime ambiental no STF
44. Lobista acusa Romero Jucá (PMDB-RR) de fazer caixa 2 e usar laranjas
45. Câmara gasta R$ 500 mil com diárias no exterior
46. Senado tentou apagar impeachment de Collor (PTB-AL) de sua história
47. Sarney (PMDB-AP) e Collor (PTB-AL) defendem sigilo eterno para documentos públicos
48. Deputados veem futebol durante discussão de MP da Copa
49. Senado tira da internet informações sobre viagens
50. Servidores do Senado moram irregularmente em apartamentos da Casa
51. Deputados deixam a Câmara para ir a festas juninas
52. Zezé Perrela (PDT-MG) é suspeito de enriquecimento ilícito
53. Deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP) influencia contratos de Ministério
54. Congresso reserva R$ 249 milhões para bancar festas
55. Senado dobra funcionários com supersalários em 2 anos
56. Romário (PSB-RJ) recusa bafômetro e perde habilitação
57. Câmara reembolsa R$ 48 milhões para deputados em 5 meses
58. Empresa de Eunício (PMDB-CE) é suspeita de fraude de R$ 300 milhões
59. Mário Couto (PSDB-PA) é investigado por fraudes na Assembleia do Pará
60. Congresso gasta R$ 44 milhões com salário de licenciados e suplentes
61. Legislativo oculta nomes de congressistas que têm contrato com o governo
62. Deputado Wladimir Costa (PMDB-PA) deixa 30% das faltas sem justificativa
63. Congressistas favorecem entidade irregular em contrato com Ministério
64. Deputado cedeu R$ 100 mil em passagens para empresa farmacêutica
65. Deputados do PMDB são acusados de desviar verbas do Turismo
66. Ministro das Cidades acusado de tentar comprar deputados
67. Ministro do Turismo ajudou empresa-fantasma quando era deputado
68. Deputados aceitam presentes de entidade ruralista
69. José Vieira (PR-MA) dá meio milhão a empresa-fantasma
70. José Sarney (PMDB-AP) usa helicóptero da polícia para passeio
71. Ministro das Cidades beneficiou mulher e correligionários na Câmara
72. Gleisi Hoffmann recebeu R$ 41 mil ao sair de Itaipu e ser candidata ao Senado
73. Presidente da Câmara usou avião da Unimed para ir a evento do PT
74. Ideli Salvatti beneficiou ONG de assessor no Senado
75. Senado banca tratamento em spa para funcionários
76. Cameli (PP-AC) paga empresas ligadas à mulher com dinheiro da Câmara
77. STF condena deputado Asdrúbal Bentes (PMDB-PA) por esterilização de eleitoras
78. Ministro usa Câmara para pagar governanta e dar motorista à mulher
79. Marta (PT-SP) abona faltas de colegas no Senado por 6 dias
80. Justiça condena Cristovam Buarque (PDT-DF) por improbidade
81. Funcionários de senadora Kátia Abreu (PSD-TO) trabalham para partido
82. Blairo Maggi (PR-MT) é denunciado por improbidade
83. Auxiliar acusa Policarpo (PT-DF) de comprar votos
84. Na Câmara, 2 deputados aprovam 118 projetos em 3 minutos
85. Alfredo Nascimento (PR-AM) paga copeiro com dinheiro do Senado
86. Sarney (PMDB-AP) autoriza contratação de 246 novos servidores no Senado
87. José Sarney (PMDB-AP) faz consultoria de imagem com verba pública
88. Câmara teve ministro do Trabalho como funcionário-fantasma
89. Deputados e senadores ganham tablets; na Câmara, ficarão grudados nas bancadas
90. Na Câmara, partidos cobram caixinha de funcionários
91. Câmara constrói prédio para guardar suas tranqueiras
92. Senado adia reforma que pouparia R$ 150 milhões
93. Senado paga pela instalação de TV no Maranhão, terra de Sarney
94. Duarte Nogueira (PSDB-SP) paga motorista com dinheiro da Câmara
 
 
FONTE: Portal UOL.